Envio grátis em Itália acima de 250 euros
Pagamento em dinheiro na entrega ou cartões

VECTRA 3D*3PIP 10-25KG AZUL

27.00

Este medicamento veterinário mata pulgas em animais infestados e previne novas infestações durante um mês. É eficaz contra as seguintes pulgas caninas (Ctenocephalides canis e Ctenocephalides felis).

Pagamentos 100% seguros

Envio expresso

Envio rápido em 1-2 dias úteis

Grátis acima de 250 euros de despesas

Descrição

Vectra cão 3d 10-25 kg azul 3 pipetas

Titular da autorização de introdução no mercado e fabricante responsável pela libertação dos lotes:

Ceva Santé Animale, 10 av. de La Ballastière, 33500 Libourne, França Cada aplicador de spot-on dispensa:

Solução Vectra® 3D spot-on para cães 1,5-4 kg
Vectra® 3D spot-on solução para cães > 4-10 kg
Vectra® 3D spot-on solução para cães > 10-25 kg
Vectra® 3D spot-on solução para cães > 25-40 kg
Vectra® 3D spot-on solução para cães > 40 kg

dinotefurano / pyriproxifen / permetrina

Cada ml contém 54 mg de dinotefurano, 4,84 mg de pyriproxifen e 397 mg de permetrina.

Este medicamento veterinário é uma solução de “spot-on” amarelo claro, embalado em aplicadores descartáveis de “spot-on”.

INDICAÇÕES:

Pulgas: Este medicamento veterinário mata pulgas em animais infestados e previne novas infestações durante um mês. É eficaz contra as seguintes pulgas caninas (Ctenocephalides canis e
Ctenocephalides felis). Este medicamento veterinário também evita a multiplicação de pulgas durante dois meses após a aplicação, inibindo a abertura dos ovos (actividade ovicida) e inibindo a transformação de pulgas imaturas em pulgas adultas. A medicina veterinária pode ser utilizada como parte de uma estratégia de tratamento da dermatite alérgica às pulgas (DAF), uma inflamação da pele.

Carraças: Este medicamento veterinário mata e tem acção repelente contra as carraças (Rhipicephalus sanguineus e Ixodes ricinus são controlados durante um mês; Dermacentor reticulatus durante até três semanas). Se houver carraças quando o medicamento veterinário é aplicado, nem todas podem ser mortas nas primeiras 48 horas, mas podem morrer no prazo de uma semana. A utilização de um dispositivo de remoção de carraças é recomendada para a remoção de carraças.

Flebotomas, mosquitos e moscas: Este medicamento veterinário tem uma actividade repelente (evita picadas) de insectos voadores como os flebotomas (Phlebotomus perniciosus), mosquitos (Culex pipiens, Aedes aegypti) e moscas (Stomoxys calcitrans) durante um mês após a aplicação. Também mata mosquitos (Aedes aegypti) e voa durante um mês após a aplicação.

COUNTERINDICAÇÕES: Não utilizar em gatos (ver “Avisos Especiais”). Devido à sua fisiologia particular e incapacidade de metabolizar a permetrina (um dos ingredientes activos desta
medicamento veterinário), este medicamento veterinário não deve ser utilizado em gatos. Se aplicado a um gato, ou ingerido por um gato que se tenha esfregado activamente num cão recentemente tratado, este medicamento veterinário pode levar a reacções nocivas graves. Não utilizar em casos de hipersensibilidade aos princípios activos ou a um dos excipientes.

REACÇÕES ADVERSAS: Eritema, prurido ou outros sinais transitórios de desconforto no local da aplicação foram notificados raramente e normalmente desaparecem sem tratamento e dentro de 24 horas após a administração do medicamento veterinário. Perturbações comportamentais tais como hiperactividade, vocalizações ou ansiedade, sinais sistémicos tais como letargia ou anorexia e sinais neurológicos tais como tremor muscular têm sido relatados em casos raros. Sinais de ataxia tais como movimentos instáveis foram relatados em casos muito raros. Sintomas gastrointestinais (estomacais ou intestinais) como vómitos ou diarreia também têm sido relatados muito raramente. Efeitos estéticos transitórios (aspecto oleoso, desgrenhado do cabelo e acumulações) no local da aplicação foram relatados muito raramente, mas estes efeitos já não são normalmente visíveis após 48 horas.

A frequência das reacções adversas é definida utilizando as seguintes convenções:

– muito comum (mais de 1 em cada 10 animais tratados apresentam reacções adversas)
– comum (mais de 1 mas menos de 10 animais por 100 animais tratados)
– invulgar (mais de 1 mas menos de 10 animais por 1.000 animais tratados)
– raro (mais de 1 mas menos de 10 animais por 1.000 animais tratados)
– muito raro (menos de 1 em cada 10.000 animais tratados, incluindo relatórios isolados)

Caso ocorram quaisquer efeitos secundários, incluindo os não mencionados nesta bula, ou caso sinta que o medicamento não funcionou, por favor informe o seu veterinário.

ESPÉCIES DE DESTINO:

Cães.

DOSAGEM: Spot-on. O seu veterinário determinará o aplicador correcto para o seu cão (ver também a secção ‘Avisos Especiais’). A dose mínima recomendada é de 6,4 mg dinotefurano/kg de peso corporal, 0,6 mg pyriproxifen/kg de peso corporal e 46,6 mg permetrina/kg de peso corporal, equivalente a 0,12 ml do medicamento veterinário por kg de peso corporal. A tabela abaixo mostra o tamanho do aplicador spot-on a ser utilizado de acordo com o peso do cão:

APLICAÇÃO: Ter o cuidado de aplicar o medicamento veterinário apenas em pele intacta (não lesionada).

Como candidatar-se: Retirar o aplicador spot-on do pacote.

Recomendação 4a: Pressionar suavemente o aplicador e aplicar o medicamento veterinário na pele ao longo das costas do cão, começando pelos ombros entre as omoplatas, com uma série de aplicações
e sequência como se mostra nas figuras abaixo e pressionando até o aplicador estar vazio. Evitar a aplicação superficial ao pêlo do cão. O número de aplicações dependerá do peso do cão.

Recomendação 4b: Independentemente do peso do cão, utilizando a extremidade arredondada do aplicador, separar o pêlo na base da cauda e começar a aplicar o produto
directamente sobre a pele numa linha contínua desde a base da cauda ao longo do meio das costas até às omoplatas, como mostra a figura, pressionando o aplicador até ficar vazio.

Programa de tratamento: Após um único pedido, o medicamento veterinário evitará a infestação durante um mês. O tratamento pode ser repetido uma vez por mês
se recomendado pelo veterinário.

PRECAUÇÕES PARTICULARES PARA O ARMAZENAMENTO: Manter fora da vista e do alcance das crianças. Este medicamento veterinário não requer quaisquer condições especiais de armazenamento. Não utilizar este medicamento veterinário após a data de validade indicada na caixa e no aplicador “EXP/Scad”. A data de expiração refere-se ao último dia do mês.

AVISOS ESPECIAIS: Advertências especiais para cada espécie alvo: Todos os cães do lar devem ser tratados. Os gatos domésticos só devem ser tratados com um medicamento
veterinário autorizado para utilização nessa espécie. As pulgas podem infestar o cesto, o canil e as áreas de repouso habituais do cão, tais como tapetes e sofás. No caso de uma infestação maciça
por pulgas e no início das medidas de controlo, estas áreas devem ser tratadas com um insecticida apropriado e depois aspiradas regularmente. Não utilizar em gatos. Se este medicamento
a medicina veterinária ingerida acidentalmente pode induzir convulsões em gatos que podem ser fatais. Em caso de exposição acidental, lave o gato com champô ou sabão e procure imediatamente
conselho de um médico veterinário. Para evitar que os gatos entrem acidentalmente em contacto com este medicamento veterinário, manter os gatos afastados dos cães tratados enquanto o local de aplicação
está seco. É importante assegurar que os gatos não esfreguem no local de aplicação de um cão que tenha sido tratado com este medicamento veterinário. Em caso de tal exposição, procure
conselho imediato de um médico veterinário.

Precauções especiais para uso em animais: Apenas para uso externo. A segurança deste medicamento veterinário não foi comprovada em cães com menos de 7 semanas de idade ou com peso inferior a 1,5 kg. Deve ter-se o cuidado de evitar o contacto entre este medicamento veterinário e os olhos do cão. Em caso de contacto com os olhos, enxaguar imediatamente com água. O ataque de um único carrapato após tratamento não pode ser excluído. Por esta razão, a transmissão de doenças infecciosas não pode ser completamente excluída se as condições forem favoráveis. O medicamento veterinário permanece eficaz quando os animais tratados são imersos em água (por exemplo, ao nadar, ao tomar banho). A imersão em água repetida semanalmente durante um mês a partir de 48 horas após o tratamento, bem como o champô 2 semanas após o tratamento não tem qualquer efeito sobre a eficácia deste medicamento veterinário. No entanto, a duração da eficácia pode ser reduzida com o champô frequente, ou com o banho no prazo de 48 horas após o tratamento. Os cães tratados não devem ser autorizados a entrar nos cursos de água durante 48 horas após o tratamento para evitar reacções adversas aos organismos aquáticos. Ver também a secção “Precauções especiais a tomar na eliminação de produtos ou resíduos não utilizados”.

Precauções especiais a serem tomadas pela pessoa que administra o medicamento veterinário aos animais: Não comer, beber ou fumar ao manusear o medicamento veterinário. Lavar as mãos cuidadosamente e imediatamente após a sua utilização. Este medicamento veterinário causa irritação nos olhos e na pele. Evitar o contacto com a pele. Em caso de derrame acidental sobre a pele, lavar imediatamente com água e sabão. Se o medicamento veterinário entrar acidentalmente em contacto com os olhos, estes últimos devem ser enxaguados cuidadosamente com água. Se a irritação ocular ou cutânea persistir, ou se o medicamento veterinário for engolido acidentalmente, procurar imediatamente cuidados médicos mostrando o folheto informativo ou o rótulo da embalagem. Pessoas com hipersensibilidade conhecida a qualquer um dos componentes devem evitar o contacto com o medicamento veterinário. As crianças não devem tocar nos cães tratados durante pelo menos quatro horas após a administração do medicamento veterinário. É portanto aconselhável tratar os cães à noite, ou antes de os levar a passear. No dia do tratamento, os cães tratados não devem ser autorizados a dormir com os seus donos, especialmente com as crianças. Os aplicadores usados devem ser eliminados imediatamente e não devem ser deixados à vista ou ao alcance das crianças. Aguardar que o local de aplicação seque antes de permitir que os cães tratados entrem em contacto com tecidos ou objectos.

Gravidez e lactação: A segurança do medicamento veterinário em cadelas não foi estabelecida durante a gravidez e lactação. A utilização do medicamento veterinário em cadelas grávidas e lactantes ou cães destinados à reprodução deve basear-se na avaliação do risco-benefício do veterinário responsável. Estudos laboratoriais com cada um dos componentes (dinotefurano, pyriproxifen e permetrina) em ratos e coelhos não forneceram provas de efeitos tóxicos sobre o animal grávido ou lactante, ou efeitos tóxicos sobre o embrião ou feto. Está provado que o dinotefurano atravessa a barreira hemato-mamária dos animais em lactação. A N-metilpirrolidona, um excipiente do medicamento veterinário, demonstrou causar malformações fetais resultando em defeitos de nascença em animais de laboratório.

Incompatibilidades: Desconhecidas.

Overdose (sintomas, procedimentos de emergência, antídotos): Com excepção da vermelhidão cutânea local e das alterações no aspecto do pêlo onde a medicina veterinária foi aplicada, não foram observadas reacções adversas em cachorros saudáveis de 7 semanas tratados topicamente 7 vezes com intervalos de 2 semanas e até 5 vezes a dose máxima recomendada. Em caso de ingestão acidental na dose máxima recomendada, podem ocorrer vómitos, salivação e diarreia, mas devem desaparecer sem tratamento.

Leia as críticas

×

Contattaci gratuitamente tramite Whatsapp

×