Envio gratuito acima de 250 euros
Pagamento em dinheiro na entrega ou cartões

JUVEDERM Ultra 4 - 2 x 1ml de seringas

187.00

Fillers Juvéderm Ultra 4 Dispositivo médico CE, estéril, formador de pirógeno e gel fisiológico de ácido hialurónico cruzado de origem não animal. O gel é vendido em seringas graduadas, previamente preenchidas e descartáveis.
Implante injetável indicado para o enchimento da pele média sagging por injeção na dermis média e para o contorno dos lábios. A presença de Lidocaína destina-se a reduzir a sensação de dor do paciente durante o tratamento.

Só 1 em stock

Pagamentos 100% seguros

Envio expresso

Envio rápido em 1-2 dias úteis

Grátis acima de 250 euros de despesas

Descrição

 

Dispositivo médico CE, estéril, formador de pirógeno e gel fisiológico de ácido hialurónico cruzado de origem não animal. O gel é vendido em seringas graduadas, previamente preenchidas e descartáveis.
Implante injetável indicado para encher a pele profunda por injeção na dermis profunda e para aumentar o volume dos lábios e maçãs do rosto. A presença de lidocaína destina-se a reduzir a sensação de dor do paciente durante o tratamento. Esterilização
O conteúdo das seringas Juvéderm® ULTRA 4 é esterilizado por calor húmido.
As agulhas de 27G1/2″ são esterilizadas por irradiação. Contraindicações
– Não injete Juvéderm® ULTRA 4 na região periorbital (pálpebra, área de círculos escuros, pés de corvo) e glabelar.
– Não injete nos vasos sanguíneos (intravasculares).
– Não exceda as medidas corretivas.
O Juvéderm® ULTRA 4 não deve ser utilizado:
Em doentes que sofrem de epilepsia descontrolada através do tratamento;
em doentes com tendência a desenvolver cicatrizes hipertróficas;
em doentes que tenham uma hipersensibilidade conhecida ao ácido hialurónico;
em doentes que tenham uma hipersensibilidade conhecida à lidocaína ou anestésicos locais do tipo amido;
em doentes que sofrem de porfiria;
Durante a gravidez ou lactação;
sobre as crianças.
O Juvéderm® ULTRA 4 não deve ser utilizado em áreas com problemas de pele inflamatórios e/ou infeciosos (acne, herpes, etc.).
O Juvéderm® ULTRA 4 não deve ser utilizado em combinação imediata com o tratamento a laser, a descascação química profunda ou a dermabrasão. Em caso de descasque superficial, recomenda-se que não injete se a reação inflamatória provocada for importante. Precauções de utilização
O Juvéderm® ULTRA 4 é indicado exclusivamente para injeções de tipo intradérmico e na membrana mucosa dos lábios.
– Em geral, a injeção de dispositivos médicos comporta um risco de infeção.
– Não existem dados clínicos disponíveis em termos de eficácia e tolerância na injeção de Juvéderm® ULTRA 4 numa área já tratada com outro produto de enchimento. Recomenda-se não injetar numa área tratada com um implante permanente.
– Não existem dados clínicos disponíveis em termos de eficácia e tolerância na injeção de Juvéderm® ULTRA 4 em doentes com doença autoimune anterior ou ativa. O médico terá então de decidir a indicação caso a caso, dependendo do tipo de doença e do tratamento associado e terá de garantir uma vigilância especial destes doentes. Em particular, recomenda-se oferecer a estes pacientes um duplo teste preliminar e não dar-lhes injeções se a doença for evolutiva.
– Não existem dados clínicos disponíveis em termos de tolerância à injeção de Juvéderm® ULTRA 4 em doentes com histórico de múltiplas alergias graves ou choque anafilático. O médico terá então de decidir a indicação caso a caso, dependendo do tipo de alergia e terá de garantir uma vigilância específica destes doentes em risco. Em particular, pode ser decidido oferecer a estes pacientes um teste duplo ou um tratamento preventivo adequado antes de qualquer injeção.
– Os doentes com historial de doença estreptocócica (faringite recorrente, febre reumática aguda) devem ser submetidos a um duplo teste antes de qualquer injeção. Em caso de febre reumática aguda com localização cardíaca, recomenda-se que não faça injeções.
– Os doentes submetidos a tratamento anti-coagulante (anti-coagulantes, aspirina, anti-inflamatórios não esteroides) devem ser avisados do risco potencial acrescido de hematomas e hemorragias durante a injeção.
– Não existem dados sobre a segurança da injeção de mais de 20 mL de Juvéderm® ULTRA 4 com lidocaína por 60 kg de massa corporal por ano.
– Não é recomendada a combinação do Juvéderm® ULTRA 4 com alguns medicamentos para a diminuição ou inibição do metabolismo hepático (cimetidina, bloqueador beta, etc.) não é recomendada.
Juvéderm® ULTRA 4 deve ser utilizado com cuidado em doentes com problemas de condução cardíaca.
– Recomendar ao paciente que não use maquilhagem durante as 12 horas seguintes à injeção, para evitar exposição prolongada ao sol, aos raios UV, temperaturas inferiores a 0°C e à prática de sauna ou hammam durante as duas semanas seguintes à injeção.
– Se a agulha estiver entupida, não aumente a pressão sobre o pistão, pare a injeção e substitua a agulha.
– Os atletas devem estar cientes de que este produto contém um ingrediente ativo que pode induzir uma reação positiva nos testes realizados durante o controlo antidoping.
– O cirurgião deve estar ciente e ter em conta que este produto contém lidocaína.
– A composição do dispositivo torna o produto compatível com os campos utilizados para a ressonância magnética. Incompatibilidade
Existe uma incompatibilidade conhecida entre o ácido hialurónico e os sais de amónio quaternário, como o cloreto de benzalkonium. Por conseguinte, será necessário evitar que o Juvéderm® ULTRA 4 entre em contacto com estes produtos ou com equipamento cirúrgico médico tratado com este tipo de produto. Não há interações conhecidas com outros anestésicos locais. Efeitos
O paciente deve ser informado da existência de potenciais efeitos colaterais relacionados com a implantação deste dispositivo que possam aparecer imediatamente ou após um determinado período de tempo. Entre estes, são relatados (lista não exaustiva):
– Reações inflamatórias (vermelhidão, edema, erthema, etc.), por vezes associadas à comichão e à dor ao toque ou a ambos, que podem ocorrer após a injeção. Tais reações podem persistir durante uma semana.
Os hematomas.
– Endurecimento ou nódulos no local onde foi administrada a injeção.
– Coloração ou descoloração da área de injeção.
– Má eficácia do tratamento ou mau efeito de enchimento.
– Os casos de necrose na região glabela, abcessos, granulomas e hipersensibilidade imediata ou retardada foram descritos na literatura após injeções de ácido hialurónico e/ou lidocaína. Por conseguinte, é necessário ter em conta estes riscos potenciais.
– A persistência de reações inflamatórias para além da semana ou o aparecimento de outros efeitos secundários devem ser prontamente comunicados pelo paciente ao seu médico, que deve eliminar essas reações através de um tratamento adequado.
– Quaisquer outros efeitos secundários relacionados com a injeção de Juvéderm® ULTRA 4 devem ser comunicados ao distribuidor e/ou ao fabricante. Dosagem e método de utilização
– Este dispositivo deve ser injetado na derme ou na membrana mucosa dos lábios por um médico qualificado de acordo com as normas locais aplicáveis. A habilidade técnica do médico é essencial para o sucesso do tratamento, pelo que o dispositivo deve ser utilizado por médicos que tenham recebido formação específica relacionada com a técnica de injeção para o enchimento.
O Juvéderm® ULTRA 4 deve ser utilizado na sua embalagem original fornecida. Qualquer modificação ou utilização deste produto que não seja as condições de utilização definidas neste manual pode prejudicar a sua esterilidade, a sua homogeneidade e o seu desempenho, que por conseguinte já não podem ser garantidos.
– Antes de iniciar o tratamento, recomenda-se informar o paciente das indicações e contraindicações do próprio dispositivo, das suas incompatibilidades e dos efeitos secundários que possam ocorrer.
– Antes da injeção, proceda a desinfetar completamente a área a tratar.
– Retire a tampa da agulha. Em seguida, insira firmemente a agulha fornecida com o produto na extremidade da seringa, aparafuse suavemente rodando no sentido dos ponteiros do relógio. Faça uma curva extra até que se encaixe e rode até que a tampa da agulha esteja na posição correta. Em seguida, segure o corpo da seringa numa mão e a tampa da agulha na outra, puxe nas direções opostas para separá-las. Injete-se lentamente. O incumprimento destas precauções pode resultar no risco de fuga de agulhas e/ou perda de produto ao nível do bloqueio luer.
– A quantidade de produto a injetar dependerá do tipo de área a corrigir.
– Após a injeção, é importante massajar a área tratada de modo a garantir uma distribuição uniforme do produto. Avisos
Verifique a data de validade da embalagem.
Não reutilizá-lo. Em caso de reutilização deste dispositivo, a esterilidade do produto não pode ser garantida.
Não esterilize uma segunda vez.
Para agulhas (0123 Laboratório TSK, Japão):
Representante para a Europa: Europa Emergente
Molenstraat 15
2513 BH The Hague (NL).
As agulhas usadas devem ser eliminadas num recipiente especial. Proceda da mesma forma para seringas. Para a sua eliminação, consulte as diretivas em vigor.
Não tente endireitar uma agulha curvada: deite-a fora e substitua-a. Preservação
Armazenar a uma temperatura entre 2 °C e 25 °C. Formato
Cada embalagem contém 2 seringas de 1 mL de Juvéderm® ULTRA 4, 4 agulhas estéreis de 27G1/2″, descartáveis e reservadas para a injeção de Juvéderm® ULTRA 4, instruções de utilização e uma série de etiquetas para garantir a rastreabilidade.

Número de registo de marca CE
0459 (2007).

O bacalhau. 94553JR

Leia as críticas

×

Contattaci gratuitamente tramite Whatsapp

×